Skip to content Skip to footer

Páscoa no Algarve: o que não pode perder

O Algarve é uma região que oferece inúmeras opções, em que natureza e cultura se fundem. Para desfrutar da Páscoa em família ou com amigos, descubra algumas sugestões que o levarão a viajar pelo outro lado do Algarve e suas tradições.

Celebrações religiosas

Celebrações religiosas ocorrem em todo o Algarve. Na cidade de Loulé, a Páscoa é celebrada com a “Festa Pequena da Mãe Soberana”, que remonta ao século XVI, em honra de Nossa Senhora da Piedade. No Domingo de Páscoa, a imagem de Nossa Senhora desce da ermida para a Igreja de S. Francisco, e durante as 2 semanas seguintes, realizam-se diferentes eventos religiosos, sendo o principal uma procissão que leva a imagem até ao seu ponto de partida.

Doçaria regional

Nesta época festiva, não poderão faltar os típicos doces regionais. Depois de um passeio com vista para a Ria Formosa, delicie-se com o Folar de Olhão, um bolo tradicional algarvio com uma massa envolvida numa mistura caramelizada com especiarias, como erva doce e canela, laranja e aguardente. Acompanhe com Villa Alvor Colheita Rosé e viaje pelos sentidos.

Visite também a Feira do Folar e Artesanato, onde poderá provar doces regionais, pães, mel e licores locais, entre 29 e 31 de março, em Lagos.

Povoações singulares

Perder-se pelas origens e saberes do Algarve é encontrar fragmentos de um legado cultural rico e autêntico. As ruas tranquilas não nos levam ao acaso, conduzem-nos a encontros e momentos marcantes. Entre cada pausa, o reencontro com os sentidos que se espreguiçam em bem-estar.

– Alte: situada no município de Loulé, no coração da região Algarvia, Alte é uma povoação típica onde poderá apreciar os telhados com chaminés decoradas de arabescos. As suas fontes são um belo património natural, existindo a Fonte Grande e a Fonte Pequena. Com uma belíssima Igreja Matriz, que data do século XIII, e um antigo moinho de água, do século XII, Alte espelha a genuinidade desta região. Nos arredores de Alte, não deixe de visitar a Queda do Vigário.

Querença: aldeia típica de beleza natural e arquitetónica, localizada no topo de uma colina a norte de Loulé, onde é palpável a tradição. Com casario típico algarvio estendido pelo monte, de casas simples com chaminés rendilhadas, esta aldeia rural é o local ideal para retemperar energias nesta época festiva. Um dos sítios de visita obrigatória é a Fonte da Benémola, símbolo da diversidade paisagística da região do Algarve, onde se atravessa a Ribeira de Menalva.

Castro Marim: conheça o centro histórico e espreite as imponentes fortificações com uma vista panorâmica imperdível sobre as salinas, a ponte que une o Algarve a Espanha e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, ponto de visita obrigatória. Aproveite também para conhecer o Castelo de Castro Martim, construção do século XIV, e a Igreja de Santiago.

Cacela Velha: localizada no concelho de Vila Real de Santo António, Cacela Velha é um dos locais mais bonitos que o Algarve tem para oferecer. Com vestígios da passagem de romanos e árabes, praias selvagens e ruelas típicas de casas caiadas de branco, é uma aldeia repleta de autenticidade e história. Visite a igreja quinhentista junto à falésia, contemple o forte oitocentista de origem islâmica e saboreie as ostras ou o arroz de lingueirão harmonizados com o vinho Villa Alvor Singular Branco.

Litoral e Serra

Ilha da Barreta ou Praia Deserta:  com mais de 10 quilómetros de areias brancas, a Praia da Ilha da Barreta, ou Praia Deserta, é uma extensa ilha-barreira da Ria Formosa, apenas acessível por barco, onde poderá contemplar e desfrutar da natureza no seu estado mais puro.

Praia de Benagil: além dos passeios pela costa, há um tesouro natural para descobrir perto da Praia de Benagil: o Algar do José Rodeira. Trata-se de um local de uma beleza singular e um fenómeno geológico raro. Invadidas pelo mar e pela luz do sol, as grutas proporcionam um cenário de encantar.

Serra de Monchique: já longe do mar, há outro espaço natural a não perder: a Serra de Monchique. Explore a montanha de carro ou bicicleta e siga por entre a vegetação e as diversas populações que encontrará no seu caminho.

Do litoral à serra algarvia, a região algarvia convida a momentos de evasão que despertam os sentidos. Abrandar o olhar em paisagens estonteantes é ritmar de sentido experiências autênticas, como as que poderá viver em Villa Alvor.